Dez cidades do Paraná não registraram casos dengue neste período epidemiológico; saiba quais

  • 02/04/2024
(Foto: Reprodução)
Em uma semana estado confirmou mais de 23 mil novos casos da doença. Ao todo, foram registradas 77 mortes por dengue desde julho do ano passado. Paraná confirma mais 23 mil casos de dengue Dos 399 municípios do Paraná, apenas dez não registraram nenhum caso de dengue no atual período epidemiológico, que começou em julho de 2023. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa), as dez cidades são: Adrianópolis; Agudos do Sul; Doutor Ulysses; Piên; Fernandes Pinheiro; Rio Azul; Paula Freitas; Coronel Domingos Soares; Honório Serpa; Santana do Itararé. ✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp ✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram Boletim divulgado nesta terça-feira (2) pela secretaria divulgou mais 23.396 mil novos casos de dengue. O total de casos, desde julho do ano passado, passa de 159 mil, segundo a Sesa. Nenhuma nova morte causada pela doença foi confirmada no boletim desta terça. Porém, desde o início do período epidemiológico, 77 pessoas morreram por causa da dengue no estado. Leia também: Violência: PM de folga vê tentativa de roubo e atira contra suspeitos, em Curitiba; um morreu e outro foi preso Dia Mundial da Conscientização do Autismo: mutirão emite carteira de identificação do transtorno no PR Senador: Assista ao momento em que relator conclui voto contrário à cassação de Sergio Moro Zika e chikungunya Maranhão possui uma incidência de 49,7 casos a cada 100 mil habitantes. Paulo Whitaker/Reuters O mosquito transmissor da dengue, Aedes aegypti, também é responsável pela transmissão da zika e chikungunya. Durante o mesmo período, conforme a instituição, não houve confirmação de casos de zika. Em relação a chikungunya o estado tem 987 notificações, 97 casos confirmados da doença – sendo 62 autóctones. Como evitar a dengue? Pneus com água parada Fernando Madeira Evite qualquer reservatório de água parada sem proteção em casa. O mosquito pode usar como criadouros grandes espaços, como caixas d'água e piscinas abertas, até pequenos objetos, como tampas de garrafa e vasos de planta. Coloque areia no prato das plantas ou troque a água uma vez por semana. Mas não basta esvaziar o recipiente. É preciso esfregá-lo, para retirar os ovos do mosquito depositados na superfície da parede interna, pouco acima do nível da água. O mesmo vale para qualquer recipiente com água. QUIZ: faça o teste e veja se você está bem-informado para ajudar no combate à dengue Pneus velhos devem ser furados e guardados com cobertura ou recolhidos pela limpeza pública. Garrafas pet e outros recipientes vazios também devem ser entregues à limpeza pública. Vasos e baldes vazios devem ser colocados de boca para baixo. Limpe diariamente as cubas de bebedouros de água mineral e de água comum. Seque as áreas que acumulem águas de chuva. Tampe as caixas d’água. VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná Leia mais notícias no g1 Paraná.

FONTE: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2024/04/02/dez-cidades-do-parana-nao-registraram-casos-dengue-neste-periodo-epidemiologico-saiba-quais.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Top 5

top1
1. saudade da minha vida

gustavo lima

top2
2. uai

zé neto e cristiano

top3
3. rancorosa

henrique e juliano

top4
4. eu e voce

jorge e matheus

top5
5. solteirou

luan santana

Anunciantes